www.radiogeracao3.com.br geração 3 goiania, gyn ,Go geracao3

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

Buscar  



Hora Certa
Radio Geração 3

Esporte
Baixe nosso Aplicativo
 
No Ar
"Rítimos em Três Tempos "
5562993583756

Publicidade Lateral gera 1
CHAT ONLINE

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 464623 Usuários Online: 174


Fotos da Cidade
Brasil

Publicada em 07/05/18 às 21:18h - 96 visualizações
Daniel acha que é dono do PMDB "Petrobras reajusta preço do gás em 7,1% em média

Rádio Geração 3


 (Foto: Rádio Geração 3)

 Nelto conta sobre a sua saída do partido MDB e diz que tentou por diversas vezes chegar a um consenso do partido, mas não houve sucesso. Segundo Nelto a busca por um modelo inovador para Goiás foi um dos motivos da sua mudança de legenda. Para ele o modelo administrativo do ex-governador Marconi Perillo deve ser combatido e ser da oposição é uma forma prática para se fazer isso."O adversário está no Palácio das Esmeraldas, há mais de 20 anos no poder,  isso não é justo!", criticou Nelto.

O deputado ainda fez duras criticas ao presidente da sua antiga legenda, o pré-candidato a governador o deputado federal Daniel Vilela (MDB).  De acordo José Nelto, o MDB virou uma espécie de feudo político de Iris Rezende e Maguito Vilela. "O Daniel acha que é dono do PMDB, montou apenas 50 diretórios todos com aliados dele". Ao ser questionado sobre qual deve ser o adversário de Ronaldo Caiado (DEM) em um provável segundo turno das eleições o deputado disse que não existirá segundo turno. "Vamos vencer no primeiro turno", destacou.

Oposição

Durante a entrevista, Nelto ainda fala sobre transporte público, saúde e educação. Um dos principais problemas da capital atualmente é a precarização do transporte público e a péssima qualidade do serviço. O parlamentar manifestou sua opinião e criticou veemente a qualidade dos pontos de ônibus."O serviço do transporte público é de quinta categoria. Não tem ponto de ônibus, o cidadão no período de chuva molha. É um verdadeiro desrespeito.", lamenta. O deputado ainda fez uma avaliação da gestão do atual prefeito de Goiânia. "Dou nota quatro para a administração de Iris Rezende".

 

Petrobras reajusta preço do gás em 7,1% em média

A Petrobras reajusta nesta terça-feira (8) em 7,1%, em média, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso industrial e comercial às distribuidoras. A companhia tem como base o preço de paridade formado pelas cotações internacionais mais os custos de transporte e taxas portuárias.

De acordo com a estatal, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço médio considera uma margem que cobre os riscos - como volatilidade do câmbio e dos preços.

Sindigás

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que foi comunicado pela Petrobras na tarde desta segunda-feira (7) sobre novo reajuste de preço do GLP empresarial, para embalagens acima de 13 quilos.

De acordo com a Petrobras, o aumento será entre 5,8% e 8,6%, dependendo do polo de suprimento, válido a partir de 0h de amanhã (8) nas unidades da petroleira.

Com o aumento, o ágio praticado pela Petrobras está em 31% em relação ao preço praticado no mercado internacional. Na avaliação do Sindigás, "esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial empresas que operam com uso intensivo de GLP".




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros














Rádio Geração 3 " A sua melhor conecção "
Copyright (c) 2018 - Rádio Geração 3 - Todos os direitos reservados