www.radiogeracao3.com.br geração 3 goiania, gyn ,Go geracao3

Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Buscar  
Brasil

Publicada em 14/05/18 às 21:51h - 10 visualizações
ESTUDANTE FICA QUASE NUA EM APRESENTAÇÃO DE TESE DE FACULDADE NOS EUA

Rádio Geração 3


 (Foto: Rádio Geração 3)
Ela decidiu fazer protesto contra comentários de professora (Reprodução)
                                                 

Uma estudante ficou apenas de sutiã e calcinha durante apresentação de tese na Universidade Cornell, em Nova York, após professora comentar que as roupas da aluna eram inapropriadas para a ocasião. Letitia Chai decidiu tirar as roupas em forma de protesto contra "pensamentos opressivos e discriminação". As imagens foram transmitidas via ferramenta ao vivo do Facebook.
 
Segundo o Independent UK, Letitia disse que a professora comentou que o short que ela estava vestindo era muito curto. "Ela falou em frente de toda a classe que eu estava convidando os homens a não prestarem atenção no conteúdo, mas no meu corpo", contou a aluna.Letitia ficou tão surpresa que não encontrou forma melhor de responder aos comentários da professora. No final da apresentação, a professora foi conversar com a aluna e questionou o que a mãe dela pensaria sobre a situação. "Minha mãe dedicou a vida dela para o empoderamento das pessoas de todas as classes e gêneros. Então acho que minha mãe se sentiria bem com meu shorts", disse a aluna.

FILIPINAS CRIA AÇÃO PARA ACABAR COM HOMICÍDIO DE CRIANÇAS


Filipinos protestam contra morte de crianças no país

O Plano de Ação para Acabar com a Violência contra Crianças nas Filipinas, formulado em uma parceria do governo e representantes da UNICEF e da ONU, visa "quebrar o ciclo" de mortes de crianças e adolescentes no país oferecendo acesso a serviços de ajuda. As Filipinas lida com problemas como trabalho infantil e um cenário de guerra das drogas que envolve menores. O projeto pretende melhorar a legislação, desenvolver a capacidade de defesa nas crianças, e servir como guia para novas medidas.

Segundo informou o Human Rights Watch, a representante da UNICEF Julia Rees disse que as crianças são vítimas de violência praticada por pessoas que elas confiam. Na maioria das vezes, os casos acontecem dentro da casa, em escolas e comunidades. O tráfico de drogas e a guerra estabelecida entre traficantes e policiais são outro fator que coloca crianças e adolescentes em situação de risco. Nos últimos dois anos, mais de 12 mil pessoas foram assassinadas no país pela polícia, e entre elas, crianças e adolescentes.


  



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.




Hora Certa
Baixe nosso Aplicativo
 
Esporte
No Ar
Ritímos 2018
Publicidade Lateral gera 1
Fan Page

62993583756

CHAT ONLINE

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 234136 Usuários Online: 415


Parceiros













Rádio Geração 3 " A sua melhor conecção "
Copyright (c) 2018 - Rádio Geração 3 - Todos os direitos reservados